30/04/2011

Apostila Concurso TRANSPETRO - Material Digital

TÉCNICO(A) DE MANUTENÇÃO JÚNIOR - ÁREA AUTOMAÇÃO

Tipos de Instrumentos, Terminologia, Simbologia. Transmissão e Transmissão e Transmissores Pneumáticos, Eletrônicos Analógicos e Transmissores Microprocessados. Noções de Metrologia, Eletrônica Analógica e Digital. Definições e Unidades de Pressão, Temperatura, Nível e Vazão. Instrumentos de Medição de Pressão, Nível, Temperatura e Vazão. Controle de Processos: Conceito de Processos, Fundamentos de Controle Automático Contínuo e Descontínuo, Manual e Automático, Modos de Controle e Sintonia de Controladores. Elementos Finais de Controle: Válvulas de Controle Pneumáticas, Hidráulicas e Motorizadas e Posicionadores. Calibração de Instrumentos. Noções Básicas de Analisadores. Noções Básicas de Hidráulica. Noções de Materiais Usados em Instalações de Instrumentação. Noções de Redes e Protocolos de Comunicação. Estações Terminais Remotas. Subsistemas de Redes Locais e Protocolos TCP/IP e MODBUS RTU. Software para Sistemas SCADA. Estações de Medição.

LÍNGUA PORTUGUESA: 1. Compreensão e interpretação de textos. 2. Ortografia (acentuação, emprego de s, z, ç, x, ch, ss, sc, cç, j e g). 3. Morfossintaxe (flexão de número, formação de plural) 4. Sintaxe (concordância nominal e verbal, regência verbal e nominal, colocação pronominal, crase). 5. Pontuação. 6. Semântica (sinônimos, antônimos, homônimos, parônimos).

MATEMÁTICA: 1. Teoria dos conjuntos. Conjuntos numéricos. Relações. Funções e equações polinomiais e transcendentais (exponenciais, logarítmicas e trigonométricas). 2. Análise combinatória, progressão aritmética, progressão geométrica e probabilidade básica. 3. Matrizes, determinantes e sistemas lineares. 4. Geometria plana: áreas e perímetros. 5. Geometria espacial: áreas e volumes. 6. Números complexos. 7. Estatística básica. 8. Matemática financeira. 9. Aritmética.

DE R$ 15,90 POR R$ 11,90




TÉCNICO(A) DE MANUTENÇÃO JÚNIOR - ÁREA ELÉTRICA

Simbologia e diagramas elétricos. Circuitos elétricos de corrente contínua. Circuitos elétricos de corrente alternada: corrente e tensão senoidais, valor eficaz, valor de pico, notação fasorial, impedância. Diagrama de potência: potência ativa, reativa e aparente, fator de potência e correção do fator de potência. Circuitos monofásicos e trifásicos. Noções básicas de eletromagnetismo. Máquinas elétricas: transformadores, máquinas síncronas, máquinas de corrente contínua e motores de indução. Dispositivos de proteção de baixa tensão. Acionamentos e comando de motores elétricos. Conceitos básicos de segurança e higiene do trabalho. Equipamentos de proteção individual e coletiva. Interpretação e análise de projetos elétricos. Medidas elétricas. Utilização de instrumentos de medição e testes elétricos. Retificadores, baterias e NoBreaks. Redes aéreas e instalações elétricas de 1,0 kv a 17,5 kv. Conceitos básicos de manutenção elétrica. Conceitos básicos de eletrônica analógica e digital. Grandezas elétricas e magnéticas e Sistema Internacional de Unidades. Desenho técnico. Conhecimentos de aterramento de equipamentos. Sistemas de proteção contra descargas atmosféricas (SPDA). Instalações elétricas de baixa tensão. Conhecimentos básicos da norma ABNT NBR-5410. Conceitos básicos de iluminação. Conceitos básicos de diagramas lógicos. Conceitos básicos de automação industrial. Conhecimentos de materiais e ferramentas utilizados em instalações e serviços em eletricidade.

LÍNGUA PORTUGUESA: 1. Compreensão e interpretação de textos. 2. Ortografia (acentuação, emprego de s, z, ç, x, ch, ss, sc, cç, j e g). 3. Morfossintaxe (flexão de número, formação de plural) 4. Sintaxe (concordância nominal e verbal, regência verbal e nominal, colocação pronominal, crase). 5. Pontuação. 6. Semântica (sinônimos, antônimos, homônimos, parônimos).

MATEMÁTICA: 1. Teoria dos conjuntos. Conjuntos numéricos. Relações. Funções e equações polinomiais e transcendentais (exponenciais, logarítmicas e trigonométricas). 2. Análise combinatória, progressão aritmética, progressão geométrica e probabilidade básica. 3. Matrizes, determinantes e sistemas lineares. 4. Geometria plana: áreas e perímetros. 5. Geometria espacial: áreas e volumes. 6. Números complexos. 7. Estatística básica. 8. Matemática financeira. 9. Aritmética.

DE R$ 15,90 POR R$ 11,90




TÉCNICO(A) DE MANUTENÇÃO JÚNIOR - ÁREA MECÂNICA

Instrumentos de medição. Sistema Internacional de Unidades. Metrologia. Desenho técnico mecânico. Resistência dos materiais. Elementos de máquinas. Lubrificação. Alinhamento e balanceamento de máquinas. Noções básicas de análise de falha em equipamentos rotativos e Confiabilidade. Ajustagem. Processos de fabricação mecânica. Sistemas hidráulicos e pneumáticos. Gestão da Manutenção: Manutenção Preventiva; Corretiva e Preditiva, Noções básicas de bombas industriais, turbinas a vapor e compressores. Materiais de construção mecânica (metálicos e não metálicos). Ensaios mecânico e metalúrgico. Metalografia e tratamentos térmicos. Corrosão e proteção de superfícies. Noções de soldagem. Noções de eletrotécnica. Noções de amarração, sinalização e movimentação de cargas. Interpretação de Normas Técnicas nacionais e internacionais. Segurança e higiene do trabalho.

LÍNGUA PORTUGUESA: 1. Compreensão e interpretação de textos. 2. Ortografia (acentuação, emprego de s, z, ç, x, ch, ss, sc, cç, j e g). 3. Morfossintaxe (flexão de número, formação de plural) 4. Sintaxe (concordância nominal e verbal, regência verbal e nominal, colocação pronominal, crase). 5. Pontuação. 6. Semântica (sinônimos, antônimos, homônimos, parônimos).

MATEMÁTICA: 1. Teoria dos conjuntos. Conjuntos numéricos. Relações. Funções e equações polinomiais e transcendentais (exponenciais, logarítmicas e trigonométricas). 2. Análise combinatória, progressão aritmética, progressão geométrica e probabilidade básica. 3. Matrizes, determinantes e sistemas lineares. 4. Geometria plana: áreas e perímetros. 5. Geometria espacial: áreas e volumes. 6. Números complexos. 7. Estatística básica. 8. Matemática financeira. 9. Aritmética.

DE R$ 15,90 POR R$ 11,90




TÉCNICO(A) DE MANUTENÇÃO JÚNIOR - ÁREA INSTRUMENTAÇÃO

Noções de metrologia científica: calibração e rastreabilidade de instrumentos e demais conceitos do Vocabulário Internacional de Metrologia (VIM). Transmissão e transmissores pneumáticos, eletrônicos analógicos, digitais e inteligentes. Elementos finais de controle (válvulas de controle pneumáticas, hidráulicas, motorizadas) e seus acessórios (posicionadores, válvulas solenóides, indicadores de posição e filtros reguladores). Conhecimento da documentação básica de projetos de instrumentação (fluxograma de engenharia, lista de instrumentos, folhas de dados, típicos de instalação, diagramas de interligação, diagramas de malha, diagramas lógicos, matriz de causa e efeito, plantas de instrumentação e listas de materiais), Terminologia e simbologia ISA S5.1. Noções de medição, definições e unidades de pressão, temperatura, nível, vazão, massa e densidade. Conceitos básicos de manutenção corretiva, preventiva, preditiva e comissionamento. Noções de controladores lógicos programáveis (CLP), e suas linguagens de programação (ladder e diagrama de blocos). Noções de controle de processos (sistemas de malha aberta e malha fechada). Noções de arquitetura de redes industriais de comunicação. Noções de sistemas instrumentados de segurança. Conhecimentos básicos em eletrônica analógica e eletrônica digital. Noções de mecânica dos fluidos. Noções de saúde e segurança do trabalho. Noções de dimensionamento e seleção de elementos primários de medição (termopares e placas de orifício) e elementos finais de controle (válvulas de controle). Noções básicas de analisadores (medidores de pH, condutivímetros, densímetros, percentual de oxigênio e cromatógrafos).

LÍNGUA PORTUGUESA: 1. Compreensão e interpretação de textos. 2. Ortografia (acentuação, emprego de s, z, ç, x, ch, ss, sc, cç, j e g). 3. Morfossintaxe (flexão de número, formação de plural) 4. Sintaxe (concordância nominal e verbal, regência verbal e nominal, colocação pronominal, crase). 5. Pontuação. 6. Semântica (sinônimos, antônimos, homônimos, parônimos).

MATEMÁTICA: 1. Teoria dos conjuntos. Conjuntos numéricos. Relações. Funções e equações polinomiais e transcendentais (exponenciais, logarítmicas e trigonométricas). 2. Análise combinatória, progressão aritmética, progressão geométrica e probabilidade básica. 3. Matrizes, determinantes e sistemas lineares. 4. Geometria plana: áreas e perímetros. 5. Geometria espacial: áreas e volumes. 6. Números complexos. 7. Estatística básica. 8. Matemática financeira. 9. Aritmética.

DE R$ 15,90 POR R$ 11,90




TÉCNICO(A) DE OPERAÇÃO JÚNIOR 

Ácidos, bases, sais e óxidos. Reações de oxidação-redução. Cálculos estequiométricos. Transformações químicas e equilíbrio. Soluções aquosas. Dispersões. Natureza elétrica da matéria. Conhecimentos básicos de Química. Leis de Newton. Eletrostática. Cargas em movimento. Eletromagnetismo. Radiações eletromagnéticas. Noções de Eletricidade e Eletrônica. Condições de Equilíbrio. Termoquímica. Química Orgânica: hidrocarbonetos e polímeros. Estática, Cinemática e Dinâmica. Conservações da energia mecânica. Hidrostática. Propriedades e processos térmicos. Máquinas térmicas e processos naturais. Termodinâmica Básica. Escalas de Temperatura. Estudo de Gases. Conhecimentos básicos de Física. Mecânica dos Fluidos. Noções de Instrumentação: Tipos de Instrumentos, terminologia, simbologia. Noções de Metrologia. Transmissão e transmissores pneumáticos e eletrônicos analógicos. Noções de Operações Unitárias. Noções de Processos de Refino. Noções de Equipamentos de Processo: Bombas Centrífugas. Permutadores Casco/Tubos. Tubulações Industriais. Noções de Controle de Processo. Segurança, Meio Ambiente e Saúde.

LÍNGUA PORTUGUESA: 1. Compreensão e interpretação de textos. 2. Ortografia (acentuação, emprego de s, z, ç, x, ch, ss, sc, cç, j e g). 3. Morfossintaxe (flexão de número, formação de plural) 4. Sintaxe (concordância nominal e verbal, regência verbal e nominal, colocação pronominal, crase). 5. Pontuação. 6. Semântica (sinônimos, antônimos, homônimos, parônimos).

MATEMÁTICA: 1. Teoria dos conjuntos. Conjuntos numéricos. Relações. Funções e equações polinomiais e transcendentais (exponenciais, logarítmicas e trigonométricas). 2. Análise combinatória, progressão aritmética, progressão geométrica e probabilidade básica. 3. Matrizes, determinantes e sistemas lineares. 4. Geometria plana: áreas e perímetros. 5. Geometria espacial: áreas e volumes. 6. Números complexos. 7. Estatística básica. 8. Matemática financeira. 9. Aritmética.

DE R$ 15,90 POR R$ 11,90


29/04/2011

Concurso TRANSPETRO

A Petrobras Transporte - TRANSPETRO divulgou a abertura de processo seletivo destinado ao preenchimento de vagas e formação de cadastro para cargos de Nível Superior e Médio e salários entre R$ 2.114,66 e R$ 6.056,30. Serão 206 vagas, com reserva de 5% a pessoas com deficiência.

Para entrar na disputa, o candidato deverá inscrever-se de 3 a 22 de maio de 2011 até as 23h59min pelo site http://www.cesgranrio.org.br/, e efetuar o pagamento da taxa, que pode variar de acordo com a escolaridade do concursando, R$ 36,00 (Médio) e R$ 50,00 (Superior). O cartão de Confirmação de Inscrição estará disponível a partir de 6 de julho de 2011 na página da organizadora.

As provas objetivas serão realizadas nas cidades de Angra dos Reis (RJ), Aracaju (SE), Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Campos dos Goytacazes (RJ), Fortaleza (CE), Itabuna (BA), Joinville (SC), Juiz de Fora (MG), Macaé (RJ), Maceió (AL), Manaus (AM), Natal (RN), Paranaguá (PR), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Rio Grande (RS), Salvador (BA), Santos (SP), São José dos Campos (SP), São Luiz (MA), São Paulo (SP), São Sebastião (SP), Senador Canedo (GO), Teixeira de Freitas (BA), Uberaba (MG), Uberlândia (MG), Vitória (ES) e Volta Redonda (RJ).

Vagas: Administrador Júnior, Analista de Sistemas Júnior - Software, Contador Júnior - Auditoria Interna, Contador Júnior - Análise e Projetos de Investimento, Engenheiro Júnior - Automação, Engenheiro Júnior - Civil, Engenheiro Júnior - Elétrica, Engenheiro Júnior - Geotécnica, Engenheiro Júnior - Mecânica, Engenheiro Júnior - Naval, Engenheiro Júnior - Processamento, Engenheiro Júnior - Produção, Engenheiro Júnior - Segurança, Médico do Trabalho Júnior, Profissional de Meio Ambiente Júnior, Químico de Petróleo Júnior, Técnico Ambiental Júnior, Técnico de Administração e Controle Júnior, Técnico de Contabilidade Júnior, Técnico de Enfermagem do Trabalho Júnior, Técnico de Faixa de Dutos Júnior, Técnico de Inspeção de Equipamentos E Instalações Júnior, Técnico de Manutenção Júnior - Automação, Técnico de Manutenção Júnior - Elétrica, Técnico de Manutenção Júnior - Instrumentação, Técnico de Manutenção Júnior - Mecânica, Técnico de Operação Júnior, Técnico de Segurança Júnior e Técnico Químico Júnior.

25/04/2011

Plano Nacional de Engenharia

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) vai lançar o Plano Nacional de Engenharia para reduzir a evasão e o preenchimento de vagas ociosas nos cursos na área em instituições públicas e privadas do país. A ideia é entregar ao governo até o final do mês um conjunto de propostas com o objetivo de aumentar a oferta de engenheiros no mercado de trabalho.

Segundo comunicado divulgado pela entidade, o plano está sendo elaborado pelo Comitê de Engenharia da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), ligada ao Ministério da Educação, com a participação da CNI, por meio do programa Inova Engenharia.

Dados da confederação mostram que a evasão nos cursos de engenharia é superior a 50%, sendo que a maioria deixa a faculdade nos dois primeiros anos. Para a entidade, se a economia brasileira crescer mais de 4,5% ao ano, a oferta desses profissionais ao mercado estará saturada em menos de dez anos.

O Brasil, informou a CNI, forma menos engenheiros por ano do que a Rússia, a Índia e a China, integrantes do chamado Brics, grupo que também inclui a África do Sul.

De acordo com a confederação, o Brasil forma a cada ano menos de 40 mil engenheiros, enquanto esse número chega a 120 mil na Rússia e a 300 mil na Índia. Na China, o total ultrapassa 400 mil.

Na viagem à China, a presidenta Dilma Rousseff, anunciou um projeto de investimento da Foxconn no Brasil, no valor de US$ 12 bilhões (cerca de R$ 18,9 bilhões), na área de tecnologia da informação. Segundo o ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, o investimento deverá gerar 20 mil empregos para engenheiros de todas as áreas.

19/04/2011

Cursos Gratuitos no SENAI

Cursos de Aprendizagem Industrial Básica


São 1.729 vagas em 17 municípios baianos, incluindo Salvador

O Senai Bahia abre inscrições para o processo seletivo dos seu cursos de aprendizagem industrial de nível básico. As inscrições podem feitas exclusivamente pela internet até este domingo, 24 de abril no site http://www.exatuspr.com.br, respeitando o limite máximo de dez inscrições por vaga. Todos os cursos são gratuitos e não há taxa de inscrição para o processo seletivo. As provas serão realizadas em 15 de maio de 2011.

São 1.729 vagas, distribuídas em 47 turmas em diferentes áreas, contemplando 17 municípios baianos. A lista completa já está disponível no site www.cursosgratuitossenai.fieb.org.br, bem como a quantidade de vagas por localidade e curso. Para se inscrever nos cursos, os candidatos devem ter ensino fundamental II completo e idade de 14 a 21 anos e 11 meses no ato da matrícula, com exceção dos candidatos ao curso de Manutenção Eletromecânica que devem ter idade de 17 anos e 6 meses a 21 anos e 11 meses no ato da matrícula.

Os cursos têm carga horária de 880 horas. As aulas terão início em julho de 2011, de segunda à sexta-feira, podendo ter aulas também aos sábados, nos locais estabelecidos pelo Senai. Os alunos aprovados no processo seletivo poderão ser contratados como aprendizes pelas indústrias. Conforme determina a legislação, os alunos com contratos de aprendizagem cumprirão ainda uma etapa prática na empresa por uma carga horária igual à fase teórica.

Os cursos de aprendizagem industrial são oferecidos pelo Senai, conforme a demanda do setor industrial, para atender à legislação que regulamenta a contratação de aprendizes – Lei nº 10.097/2000 e o Decreto nº 5.598/2005. Com exceção de micro e pequenas empresas, todos os estabelecimentos, de qualquer natureza, são obrigados a empregar e matricular um número de aprendizes equivalente a 5% no mínimo e 15% no máximo dos seus empregados, cujas funções demandam formação profissional.

Pré-requisitos de acesso

Para o curso de Manutenção Eletromecânica:

a) ter concluído o ensino fundamental II (ou equivalente);
b) ter 17 anos e 6 meses a 21 anos e 11 meses no ato da matrícula;
c) não estar matriculado em nenhum curso gratuito no SENAI, no ato da matricula.

Para os demais cursos:

a) ter concluído o ensino fundamental II (ou equivalente);
b) ter 14 anos a 21 anos e 11 meses no ato da matrícula;
c) não estar matriculado em nenhum curso gratuito no SENAI, no ato da matricula.


11/04/2011

GRÁTIS: CURSO COMPLETO DE REFRIGERAÇÃO

Isso mesmo! Na compra do Curso Completo de Mecânica Industrial receba inteiramente GRÁTIS o Curso Completo de Refrigeração + Vídeo Aulas imediatamente via e-mail. Tudo isso por apenas R$ 11,90 Compre agora. Oferta por tempo limitado!


Curso de Mecânica Industrial via E-mail
Confira abaixo alguns tópicos do curso:
  • Mecânica Geral
  • Elementos de Máquinas
  • Tratamentos Térmicos dos Materiais
  • Processos de Fabricação
  • Leitura e Interpretação de Desenho Mecânico
  • Metrologia
  • Lubrificação Industrial
  • Manutenção Mecânica
  • Fresagem
  • Fundição
  • Usinagem
  • Processos de Soldagem
  • Equipamentos Mecânicos
  • Processos de Conformação Mecânica
  • Laminação
  • Estampagem
  • Tecnologia dos Rolamentos
  • Mancais de Rolamento
  • Mancais de Deslizamento
  • Vibrações Mecânicas
  • Tubulação Industrial
  • Motorredutores
  • Motores Elétricos
  • Motores de Combustão
  • TPM
  • Qualidade Total
  • Qualidade Ambiental
  • Pneumática
  • Hidráulica
  • Torres de Resfriamento
  • Termodinâmica
  • Movimentação de Cargas
  • Processos de Soldagem
  • Eletricidade Básica
  • Eletrotécnica Básica
  • Máquinas Térmicas

Para adquirir o curso de Mecânica Industrial confirme pagamento através de boleto bancário, transferência eletrônica ou cartão de crédito. Frete grátis para todo Brasil. Após confirmação do pagamento seu curso será enviado imediatamente através de link para download.
R$ 9,90

09/04/2011

Conceitos Básicos sobre Lixo - Os 5 R's

Como diminuir a quantidade de lixo produzida no nosso dia-a-dia?

Existem cinco conceitos básicos relativos ao lixo, que são conhecidos como os 5R’s:

I – Conceito de Repensar

Geralmente agimos na vida automaticamente, sem analisarmos o que estamos fazendo, pois de antemão concluímos que todos fazem a sua parte.

Mas é necessário parar para pensar:

Realmente precisamos de determinados produtos que compramos ou ganhamos?
Compramos produtos duráveis/resistentes, evitando comprar produtos descartáveis?
Evitamos a compra de produtos que possuem elementos tóxicos ou perigosos?
Enterramos o nosso lixo, se não houver coleta do mesmo no bairro?
Evitamos queimar o lixo?

II– Conceito de Reduzir

Portanto, devemos reduzir o consumo tomando as seguintes atitudes:

Comprar somente o necessário;
Comprar produtos duráveis;
Adotar um consumo mais racional;
Comprar produtos que tenham refil;
Diminuir a quantidade de pacotes e embalagens;

III – Conceito de Reutilizar

Este conceito está relacionado com a utilização de um produto ou embalagem mais de uma vez.

Portanto, estaremos reutilizando quando:

Compramos produtos cujas embalagens são reutilizáveis e/ou recicláveis;
Quando usamos o verso da folha de papel para escrever;
Pintamos móveis antigos, fazendo-os parecer novos;
Trocamos a capa dos estofados;
Guardamos, para uso posterior, envelopes pardos que já foram usados, mas que continuam perfeitos;

IV – Conceito de Reaproveitar

Com o reaproveitamento, a quantidade de lixo diminui e ainda economizamos. E o ambiente agradece. Vejam como reaproveitar materiais no cotidiano:

Não comprem sacos de lixo. Utilizem as embalagens das compras para jogá-lo fora;
Procurem comprar produtos que tenham embalagens que podem ter outro uso;
Caixas de sapato são ótimas para porta–trecos;
Potes de plástico ou de vidro são boas opções para guardar pregos, parafusos, chips, etc;
Envelopes podem ser usados para guardar documentos ou fotografias;

V – Conceito de Reciclar

Através da reciclagem, os produtos (= lixo) serão transformados em matéria prima para se iniciar um novo ciclo de produção-consumo-descarte.

Podemos contribuir com a Reciclagem:

Comprando produtos reciclados;
Comprando produtos cujas embalagens sejam feitas de materiais reciclados;
Participando de campanhas para coleta seletiva de lixo;
Organizem-se em seu trabalho/escola/bairro/rua/comunidade/igreja/casa um projeto de separação de materiais para coleta seletiva;
Entrando em contato com uma Associação de Catadores do seu bairro, distrito ou município para juntos traçarem um plano de trabalho que deverá ser desenvolvido no seu local de ação;
Só faça coleta seletiva de “lixo” que poderá ser encaminhado para local de reciclagem ou de venda.

A tabela de tempo de decomposição de materiais é um poderoso instrumento de sensibilização que, invariavelmente, faz as pessoas pensarem na sua responsabilidade individual com relação ao lixo.




Fonte: Educação Pública (com adaptações).

07/04/2011

Apostila Conhecimentos Básicos - CORREIOS - Nível Médio e Superior

Comum aos cargos de nível médio e superior - Correios

CONHECIMENTOS BÁSICOS


  • PORTUGUÊS - para todos os cargos e especialidades, exceto a especialidade Outros Profissionais de Nível Superior, formação Letras

1 Compreensão e interpretação de textos. 2 Tipologia textual. 3 Redação de correspondências oficiais. 4 Emprego correto da língua culta. 5 Ortografia oficial. 6 Acentuação gráfica. 7 Emprego das classes de palavras. 8 Emprego do sinal indicativo de crase. 9 Sintaxe da oração e do período. 10 Pontuação. 11 Concordância nominal e verbal. 12 Regência nominal e verbal. 13 Significação das palavras. 14 Regras do Novo Acordo Ortográfico.


  • INFORMÁTICA- para todos os cargos e especialidades, exceto: Analista de Sistemas nas seguintes áreas de atuação: Desenvolvimento de Sistemas, Produção e Suporte a Sistemas, e Engenheiro na formação Engenharia de Redes

1 Conceitos de Internet e intranet. 2 Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados à Internet/intranet. 3 Ferramentas e aplicativos de navegação, de correio eletrônico de grupos de discussão, de busca e pesquisa. 4 Principais aplicativos para edição de textos, planilhas e apresentações (Sistema operacional Windows 7; Pacote Microsoft Office 2010: Word, Excel e PowerPoint; Pacote BrOffice).

  • INGLÊS- para todos os cargos e especialidades

1 Compreensão de textos escritos em língua inglesa. 2 Itens gramaticais relevantes para compreensão dos conteúdos semânticos.


  • ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA- para todos os cargos e especialidades

1 Organização da administração pública no Brasil a partir da Constituição Federal de 1988. 2 Conceitos relativos às administrações direta e indireta. 3 Diferenças entre autarquias, fundações e empresas públicas. 4 Agentes públicos. 5 Estatuto da ECT.

Após confirmação do pagamento sua Apostila CORREIOS será enviada imediatamente através de link para download.


R$ 9,90


    Quant.:
      
    Frete Grátis

Escalas de Redução e Ampliação - Turma Soldador - Aula 1


ESCALA NATURAL

Escala natural é aquela utilizada quando o tamanho do desenho do objeto é igual ao tamanho real do mesmo, isto é, do mesmo tamanho que o objeto for construído, será também feito o seu desenho .
É representada da seguinte forma :
Escala 1:1 ( lê-se, escala um por um) .

ESCALA DE REDUÇÃO

Escala de redução é a utilizada para representar um objeto em tamanho menor do que o tamanho real. Para a aplicação da escala de redução, basta dividir o valor da medida indicada no desenho do objeto, pelo valor numérico da escala . Essa escala é bastante utilizada em mapas e em plantas de construções civis.
É representada da seguinte forma :
Escala 1:2, 1:3,1:4, 1:5, 1:10, 1:20, 1:30, 1:40, 1:50, 1:100, etc....

ESCALA DE AMPLIAÇÃO

Escala de ampliação é utilizada para representar um objeto em tamanho maior do que o tamanho real.
ë representada da seguinte forma - Escala 2:1 (lê-se, escala dois por um) .
As escalas de ampliação mais utilizadas são: 2:1, 3:1, 4:1, 5:1, 10:1, 20:1, etc...
Resumindo: Para se trabalhar com esta escala, basta multiplicar o valor da medida indicada no desenho do objeto, pelo valor numérico da escala .

















Photobucket


Apostilas Opção - Link para todos os Concursos Abertos

Busca Rápida

Leia mais...

Tecnologia de Tratamento da Poluição do Ar: Lista 2 Resolvida

Questão 1 de 10 Assunto: Questão Enunciado: O procedimento  What-If  é uma técnica de análise geral, qualitativa, cuja aplicação é bast...