Os Dez Mandamentos de Segurança para o Ar Comprimido


1 Jamais permita que o jato de ar sob pressão incida sobre o seu corpo ou de outra pessoa. 


2 Antes de abrir qualquer válvula de ar comprimido, certifique-se que conexões, mangueiras e abraçadeiras estejam seguramente fixadas e que não haja risco de serem desconectadas durante a execução do trabalho. 


3 Sempre que ocorrer vazamentos de ar é sinal que algo está errado. Verifique e corrija, eliminando o vazamento. ATENÇÃO: se uma mangueira sob pressão desconectar-se, afaste-se imediatamente do raio de ação para não ser atingido. Se possível, corte a alimentação de ar deste ponto ou desligue o compressor. 


4 Nunca abra uma válvula ou registro de serviço rapidamente, sempre o faça devagar. Não esqueça que você estará liberando energia pneumática. 


5 Nunca utilize ar comprimido para soprar lascas de madeira, limalhas, poeiras, partículas, líquidos do chão, máquinas, peças e equipamentos. Caso esta operação seja necessária, utilize equipamentos de segurança adequados a cada situação. Sempre utilize um regulador de pressão e ensaie pressões de trabalho mais baixas (mantendo o nível de satisfação desejado). 


6 Tenha muito cuidado com as pessoas presentes e com as que transitam no local. O ar comprimido pode arremessar todos estes elementos contra partes frágeis do corpo, assim como colocar em suspensão poeiras, partículas e líquidos que inalados poderão causar sérios riscos à saúde. 


7 Nunca utilize o ar comprimido para limpeza de roupas ou limpar pó, sujeira do cabelo ou ainda qualquer parte do corpo. Partículas microscópicas podem penetrar em sua corrente sanguínea, o que pode ser mais grave se você tiver algum machucado. 


8 Utilize o ar comprimido sempre com muito cuidado e o mantenha longe de seus olhos, ouvidos, nariz e boca. Nunca dirija o jato de ar comprimido para sua direção ou na direção de outra pessoa. Lembre-se que o tímpano é uma membrana sensível e poderá se romper facilmente com a força do ar comprimido. 


9 Jamais utilize ar comprimido para respiração sem que esteja tratado com um sistema eficiente de filtros coalescentes, incluindo o filtro de carvão. Em caso de uso de ar comprimido para trabalhos no interior de ambientes confinados, tenha certeza de que o ar seja respirável. 


10 Nunca execute serviços em equipamentos pressurizados (compressores, reservatórios, ferramentas pneumáticas), exemplo: remover um bujão para completar o nível de óleo em um compressor, sem ter a certeza que o mesmo esteja totalmente despressurizado, poderá causar acidente grave ou até mesmo morte. 


Fonte: Ar Brasil Compressores (com adaptações).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dúvidas? Sugestões? Fale com o Professor Carlão!

Leia também...

"Mais um dia se passou e não usei isso pra nada". Será mesmo!?

A imagem abaixo vem circulando nas redes sociais com a [despretensiosa] conclusão de que vivemos sem a necessidade da fórmula que calcula o...

Cadastro

Cadastre-se para receber postagens atualizadas:

Digite seu Email

EnviarFeedBurner