Mostrando postagens com marcador cursos técnicos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador cursos técnicos. Mostrar todas as postagens

19/03/2024

Localize o Centro de gravidade (CG)...

Localize o Centro de gravidade (CG) da figura abaixo:






ATIVIDADE RESOLVIDA
 
     
    R$12,00 NO PIX

    75992709085 
    [NÚMERO DE TELEFONE]
     
    R$15,00 CARTÃO DE CRÉDITO

    Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

    APÓS FAZER O PAGAMENTO ACESSE O LINK ABAIXO 
    Contatos


Nesse sentido, encontre Yg da seção...

O centro de gravidade de um corpo é o ponto G onde uma única força equivalente W, chamada peso do corpo, pode ser aplicada para representar o efeito da atração exercida pela Terra no corpo. Nesse sentido, encontre Yg da seção a seguir:






ATIVIDADE RESOLVIDA
 
     
    R$12,00 NO PIX

    75992709085 
    [NÚMERO DE TELEFONE]
     
    R$15,00 CARTÃO DE CRÉDITO

    Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

    APÓS FAZER O PAGAMENTO ACESSE O LINK ABAIXO 
    Contatos


18/03/2024

AV1 - DESENHO TÉCNICO PROJETIVO [ATIVIDADE RESOLVIDA]

1) Na legenda de desenho técnicos são encontradas duas figuras que representam o método de projeção ortográfica e para a sua elaboração são utilizados elementos geométricos que formam figuras planas como podem ser observadas no desenho abaixo.

Assinale a alternativa que apresenta exatamente os elementos presentes no desenho que representam o método de projeção ortográfica utilizado.

a) Segmentos de retas, Círculos e Polígono.

b) Retas, Círculos e Polígono.

c) Semirretas, Círculos e Polígono.

d) Segmentos de retas, Círculos e Não Poliedro.

e) Semirretas, Círculos e Poliedro.


2) Em desenhos técnicos são encontrados diferentes tipos de linhas, linhas estas usadas para representar contornos e arestas visíveis, contornos e arestas não visíveis, orientação de cortes e seções, centro de objetos, centro de gravidade, cotas etc.

Sabendo-se que cada item representado possui um tipo de linha específica, assinale a alternativa que descreve o tipo de linha usado para representar o contorno e arestas internas de um objeto de acordo com a norma ABNT NBR 16861.

a) Linha contínua larga e extralarga.

b) Linha tracejada estreita e larga.

c) Traço longo e ponto estreita.

d) Traço longo e ponto duplo estreita.

e) Linha contínua estreita.


3) Uma das analise realizadas por empresas para implantar a tecnologia CAD é o custo/benefício, ou seja, analisar se o investimento para a aquisição do software trará retorno financeiro esperado. Desta forma buscam no mercado softwares mais “baratos” que atendam a sua necessidade pontual.

Esta forma de pensar pode gerar prejuízos caso ocorra a expansão da empresa e o software adquirido não consiga acompanhar a evolução do negócio, mas também deve-se analisar se o software não será subutilizado resultando em um gasto maior do que o necessário.

A seguir serão apresentadas algumas empresas e a tecnologia CAD que a empresa deve adotar de acordo com o seu negócio. Assinale a alternativa que apresenta a empresa e o seu respectivo software.

Empresa A: Empresa de usinagem que possui apenas maquinas convencionais e utiliza apenas desenhos 2D.

Empresa B: Empresa de usinagem que utiliza maquinas CNC e utiliza desenhos 3D.

Empresa C: Empresa de projetos que constrói e testa a resistência de seus produtos.

Empresa D: Empresa de usinagem que possui maquinas CNC, utiliza desenhos 3D e testa seus produtos visando melhorar seu desempenho.

1 - CAD

2 –CAD/CAE

3 – CAD/CAM

4 – CAD/CAE/CAM

a) Empresa A – 1; Empresa B – 2; Empresa C – 3; Empresa D – 4.

b) Empresa A – 2; Empresa B – 3; Empresa C – 4; Empresa D – 1.

c) Empresa A – 3; Empresa B – 4; Empresa C – 1; Empresa D – 2.

d) Empresa A – 4; Empresa B – 1; Empresa C – 2; Empresa D – 3.

e) Empresa A – 1; Empresa B – 3; Empresa C – 2; Empresa D – 4.


4) Ao desenhar as vistas ortográficas no 1º diedro, o profissional deve se atentar à complexidade do formato e posição do objeto. Caso haja necessidade, um terceiro plano de projeção (indicado na imagem a seguir) pode ser adicionado para complementar sua representação bidimensional. Nele, uma terceira vista poderá ser projetada.

Assinale a alternativa que apresenta corretamente o nome da vista a ser representada no plano indicado.

a) Vista frontal

b) Vista lateral esquerda

c) Vista lateral direita

d) Vista superior

e) Vista posterior


5) O desenho técnico, através da projeção ortogonal, representa objetos reais em forma de desenhos bidimensionais. A representação gráfica deles favorece a leitura e comunicação na engenharia. Entretanto, se o desenho estiver incompleto, prejudica a execução do projeto, como por exemplo a falta de cotas no desenho. Sobre as cotas, existem vários tipos no AutoCAD, inclusive a que se baseia nas coordenadas UCS e cota as distâncias X e Y do ponto desejado até o ponto de origem.

Assinale a alternativa que apresenta corretamente o nome do tipo da cota mencionada.

a) Linear

b) Ordenada

c) Linha de Base

d) Continuar

e) Angular

ATIVIDADE RESOLVIDA
 
     
    R$15,00 NO PIX

    75992709085 
    [NÚMERO DE TELEFONE]
     
    R$15,00 CARTÃO DE CRÉDITO

    Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

    APÓS FAZER O PAGAMENTO ACESSE O LINK ABAIXO 
    Contatos


05/03/2024

AP1 - CÁLCULO NUMÉRICO [ATIVIDADE RESOLVIDA]

O estudo dos erros é muito importante não só em metrologia dimensional. Imagine que você está dirigindo seu carro e percebe que ele está pendendo para um lado da via, mesmo quando você mantém a direção em linha reta. Por meio da percepção dessa TENDÊNCIA de desvio do automóvel, você atua preventivamente e leva o carro para manutenção. 

Essa tendência pode estar associada a algum defeito do carro, proveniente do seu uso, como uma folga, por exemplo. O mesmo acontece com os instrumentos de medição. Ao perceber as tendências, corrigimos seus erros e reavaliamos sua utilização nos processos. 

Conheça a seguinte história: Márcio trabalha em uma empresa metalúrgica no ramo de usinagem de peças para indústria automotiva. Ele trabalha com a medição de peças para a montagem do eixo das rodas do carro com o uso de paquímetro. 

Qual caminho o operador deverá tomar para resolver o problema?





 
 ATIVIDADE RESOLVIDA COM FEEDBACK POSITIVO
 
    R$21,00
     
    CHAVE PIX TELEFONE
     
    75992709085

06/12/2023

MAPA - TUBULAÇÕES E INSTALAÇÕES INDUSTRIAIS - 54/2023 [RESOLVIDO]

Você foi contratado por uma empresa para fazer a instalação do sistema de alimentação de água para a empresa. Sendo assim o primeiro passo que foi determinado é o dimensionamento da tubulação e dos dispositivos de bombeamento. Na Figura 1 você encontra o projeto da linha de alimentação, desde a fonte de água até o reservatório principal da fábrica.

Figura 1 – Projeto de tubulação para alimentação de água

Fonte: o autor.

Após um levantamento, você conseguiu as informações constantes na Tabela 1, a respeito da operação do sistema em estudo representado na Figura 1.

Diâmetro da Tubulação (mm) 45

Temperatura do óleo ( C) 30

Viscosidade água (N · s/m²) 0,7978EXP-3

Densidade da água (kg/m³) 1000

Vazão do sistema (L/s) 10

Nº Cotovelo de 90° flagelado 2

Nº Cotovelo longo de 45° flagelado2

Eficiência da Bomba 77%

Válvula Gaveta 50% aberta 1

Tabela 1 – Dados de operação do sistema

Fonte: o autor.

Os dados informados na tabela foram fornecidos apenas para fins didáticos. Logo, eles podem não

corresponder a dados obtidos de processo reais.

Desta forma é solicitado que:

a) Baseado nos dados fornecidos calcule a perda de carga total do sistema, entre os reservatórios. Considere que a tubulação será de ferro galvanizado.

b) Considerando toda a perda de carga do sistema, calcule a pressão da bomba para vencer a diferença de altura.

c) Para a conexão da tubulação ao tanque do reservatório da fábrica é necessário que pouca vibração seja passada, com isso descreva qual a melhor forma de conexão para evitar essa vibração, e explique.

d) Obter as informações de um sistema é muito importante para o controle de processos. O tubo de Pitot é um dos exemplos de dispositivos utilizados para medir dados do sistema. Defina o funcionamento do tubo de Pitot.

 
 ATIVIDADE RESOLVIDA
 
    R$60,00 NO PIX

    eng.carlosjfilho@hotmail.com
     
    R$63,00 NO CARTÃO DE CRÉDITO
Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

30/11/2023

ATIVIDADE 3 - TUBULAÇÕES E INSTALAÇÕES INDUSTRIAIS - 54/2023 [RESOLVIDA]

QUESTÃO 1 Vários fatores influenciam na geração de ruídos, em uma tubulação. Com base nisso, liste as principais fontes de ruido e maneiras de contornar esse problema. A norma NBR 5626 entre outras coisas regula a instalação de dispositivos de armazenamento de água, em instalações prediais. Dentre as regras apresentadas, uma importante é a Pressão de serviço. Apresente os pontos principais dessa norma e discuta se a utilização de tubos com materiais mais resistentes é uma boa decisão para a instalação.

QUESTÃO 2 Na indústria são utilizados e transportados diversos tipos de fluidos os quais podem estar em diferentes condições. Levando em conta a importância que a escolha de um material tem nas tubulações industriais, é importante garantir que o material escolhido possua a especificação desejada. Com isso, aponte as informações que podem estar presentes em um material que será utilizado em um sistema de tubulações, e qual deles é necessário estar presente.

 
 ATIVIDADE RESOLVIDA
 
    R$30,00
     
    CHAVE PIX
     
    eng.carlosjfilho@hotmail.com

ATIVIDADE 3 - DESENHO TÉCNICO - 54/2023 [RESOLVIDA]

O sistema de projeção utilizado no desenho técnico é o sistema de projeção ortogonal, pensado e idealizado por Gaspar Monge, que foi um matemático, desenhista e inventor francês do século XVIII, considerado um dos pais da Geometria Descritiva (CRUZ; AMARAL, 2012). Nesse sistema, os elementos dos objetos são projetados sobre planos por meio de raios projetivos que partem de determinada posição e atingem o plano de representação.

A principal utilidade de uma projeção ortogonal é poder converter uma imagem tridimensional em projeções bidimensionais, o qual chamamos de “vistas”. No Brasil, é definido por norma que utilizemos as vistas no primeiro diedro, ou seja, nossas representações devem ser feitas utilizando as vistas frontal, superior e lateral esquerda, seguindo principalmente suas regras básicas:

- A vista frontal é considerada a vista principal e ela determina as posições das demais vistas.
- A vista superior sempre será representada abaixo da vista frontal e alinhada a ela. Sua largura máxima sempre será igual à largura máxima da vista frontal.
- A vista lateral esquerda sempre será representada à direita da vista frontal e alinhada a ela. Sua altura máxima sempre será igual à altura máxima da vista frontal.
- A altura máxima da vista superior sempre será igual à largura máxima da vista lateral esquerda.

Abaixo temos uma ilustração de uma representação ortogonal.

Utilizando uma folha de papel, grafite, régua e demais instrumentos de desenho, faça a representação ortogonal das peças abaixo.

 
 ATIVIDADE RESOLVIDA
 
    R$30,00
     
    CHAVE PIX
     
    eng.carlosjfilho@hotmail.com

28/11/2023

AV2 SUBSTITUTIVA - Química e Ciência dos Materiais [RESOLVIDA]

1) Quando se deseja correlacionar várias propriedades e estruturas cristalinas, é necessário identificar direções específicas no cristal. Isto pode ser conseguido, com relativa facilidade, se usarmos a célula unitária como base. Disponível em:  VAN VLACK, L.H. Princípios de Ciência dos Materiais. Ed. Edgard Blucher Ltda, 8ª edição, São Paulo, 1988. A figura a seguir mostra três direções em um reticulado ortorrômbico simples.

Disponível em:  CALLISTER JR, W. D. Ciência e Engenharia de Materiais: Uma Introdução. Ed. LTC, 5ª edição, Rio de Janeiro, 2002. Considerando as direções específicas nos cristais, analise as afirmativas a seguir:

I. Os Índices de Miller é uma notação utilizada para identificar direções e planos cristalinos na Rede de Bravais.
II. A direção [2 2 2] é idêntica à posição [1 1 1], mas a combinação dos menores números inteiros deve ser usada.
III. As coordenadas de um ponto são medidas em relação ao parâmetro de cada eixo, portanto, não representam os valores reais das distâncias.
IV. Números negativos são representados na forma [-1 0 -1].

É correto o que se afirma em:

 a) I e II, apenas.
 b) I e III, apenas.
 c) I, II e III, apenas.
 d) I, II e IV, apenas.
 e) I, II, III e IV.

2) “Os defeitos pontuais são regiões em que existe a ausência de um átomo ou o átomo encontra-se em uma região irregular na estrutura cristalina. Entre os defeitos pontuais incluem-se: lacunas, autointersticial, impurezas substitucionais e intersticiais.” Avalie a figura com os defeitos pontuais ilustrados.

defeitos

Avalie a figura e as afirmativas a seguir.

I. O defeito I representa um átomo diferente dos que formam a rede cristalina atuando como se pertencessem a rede.
II. O defeito II representa um átomo igual aos que formam a rede cristalina, porém em uma posição que normalmente não haveria átomos.
III. O defeito III representa um átomo diferente dos que formam a rede cristalina atuando como se pertencessem a rede.
IV. O defeito IV representa uma lacuna, ou seja, uma posição que deveria haver um átomo da rede cristalina, mas não há.

Está correto o que consta em:

    a) I, II, III e IV.
    b) II, III e IV, apenas.
    c) I, III e IV, apenas.
    d) I, II e IV, apenas.
    e) I, II e III, apenas.

3) "A estrutura atômica dos metais é a Cristalina, que se constitui por cátions do metal envolvidos por uma nuvem de elétrons. A capacidade que os metais têm de conduzir eletricidade se explica pela presença dessa nuvem de elétrons, que conduz corrente elétrica nos fios de eletricidade, não só neles, mas em qualquer objeto metálico". Neste contexto, analise as afirmativas a seguir e assinale (V) para verdadeiro e (F) para falso:

(   ) Metais podem formar ligas metálicas por meio da combinação de dois ou mais metais.
(   ) As ligas metálicas geram estruturas não cristalinas.
(   ) As ligas metálicas podem ser formadas pelos interstícios da estrutura base.
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:

    a) V-V-V.
    b) V-F-F.
    c) V-F-V.
    d) F-V-F.
    e) F-F-F.

4) "Os metais estão ligados por retículos cristalinos, sendo que cada átomo fica circundado por 8 ou 12 outros átomos do mesmo elemento metálico, tendo, portanto, atrações iguais em todas as direções. Além disso, visto que os átomos dos metais possuem apenas 1, 2 ou 3 elétrons na última camada eletrônica (e essa camada normalmente é bem afastada do núcleo, e, consequentemente, atrai pouco os elétrons); o resultado é que os elétrons escapam facilmente e transitam livremente pelo reticulado. Uma “nuvem” ou “mar” de elétrons livres funciona então como uma ligação metálica, mantendo os átomos unidos".

I. A presença de interstícios na estrutura metálica permite que elementos menores se acomodem na estrutura principal, formando as ligas metálicas.
II.  A presença de elementos diferentes na estrutura cristalina base facilita o fluxo de elétrons, aumentando, assim, a condutividade elétrica.
III. Ligas metálicas apresentam menor dureza em relação ao metal puro.

Agora, assinale a alternativa que apresenta a resposta CORRETA:

    a) I, apenas.
    b) II, apenas.
    c) III, apenas.
    d) I e II, apenas.
    e) I, II e III.

5) "Os metais são ótimos condutores de eletricidade, sendo, em razão dessa propriedade, muito utilizados em fios elétricos. Essa propriedade é explicada pelo fato de que como os metais possuem um “mar” de elétrons livres, ou deslocalizados, esses elétrons permitem a transição rápida de eletricidade através do metal". Os metais apresentam elevada resistência, pois, quando uma força é aplicada sobre a estrutura metálica

    a) os átomos são expelidos facilmente.
    b) os átomos são facilmente afetados, podendo mudar de posição, entretanto, os elétrons se ajustam rapidamente, não permitindo que os átomos sejam ejetados.
    c) os elétrons se ajustam rapidamente, permitindo que o cátions sejam ejetados.
    d) os elétrons sofrem mudanças bruscas de posição, mas os cátions metálicos se mantem imóveis.
    e) os átomos metálicos sofrem oscilações, mas não são ejetados devido à força catiônica.



 
 ATIVIDADE RESOLVIDA COM FEEDBACK POSITIVO
 
    R$6,00
     
    CHAVE PIX TELEFONE
     
    75992709085

26/11/2023

ATIVIDADE 3 - SISTEMAS HIDRÁULICOS E PNEUMÁTICOS - 54/2023 [RESOLVDA]

O diagrama trajeto passo, também conhecido como diagrama sequencial ou diagrama de sequência, é uma ferramenta gráfica amplamente utilizada na área de automação industrial, engenharia de controle e sistemas automatizados. Esse tipo de diagrama é essencial para representar de forma clara e visual a sequência de eventos ou ações que ocorrem em um sistema, máquina ou processo. A principal finalidade do diagrama trajeto passo é descrever, em detalhes, as etapas ou  estados que um sistema atravessa ao executar uma determinada tarefa. Ele é especialmente útil quando se deseja compreender a lógica de funcionamento de um sistema automatizado, a interação entre seus componentes e as condições que levam a transições de um estado para outro. Utilizando o conceito de diagrama trajeto passo, desenvolva DOIS diagramas, um puramente pneumático e outro eletropneumático, que satisfaça a condição do diagrama trajeto passo a seguir. 

 



 

 

 

 

 

Não se esqueça de colocar um sistema de emergência em seu projeto.

 
 ATIVIDADE RESOLVIDA
 
    R$30,00
     
    CHAVE PIX
     
    eng.carlosjfilho@hotmail.com

09/11/2023

Portfólio - Projeto de Extensão I – Administração

A realização de atividades extensionistas no curso de Administração vinculadas ao Programa de Contexto à Comunidade tem o objetivo de estreitar o relacionamento do saber universitário com a comunidade, por meio das contribuições na resolução de problemas sociais presentes no contexto e, por outro lado, possibilitar o desenvolvimento de competências e soft skills específicas no corpo discente do curso. As ações poderão ser realizadas em diversos locais, dependendo do problema identificado, sendo algumas possibilidades: Associação de Bairro, Prefeitura, ONG, Igreja, Escola, Micro e Pequena Empresa.
COMPETÊNCIAS:
I – Reconhecer e delimitar problemas e identificar oportunidades;
II – Promover a comunicação no ambiente organizacional interno e externo;
III – Coordenar e integrar as diferentes áreas funcionais da organização.
PERFIL DE EGRESSO:
O perfil do egresso idealizado pela IES para o curso de Administração possibilita a formação do Administrador generalista, crítico, reflexivo, propositivo, humanístico e dinâmico, capaz de aplicar tecnologias inerentes à sua área de atuação, sendo que pelas atividades extensionistas vinculadas ao Programa de Extensão Contexto à Comunidade, esse egresso poderá desenvolver habilidades e capacidade para conduzir atividades referentes à compreensão da realidade social, cultural e econômica do meio em que está inserido, direcionando suas ações para a transformação da realidade e para o desenvolvimento social e da qualidade de vida.
SOFT SKILLS (COMPETÊNCIAS SOCIOEMOCIONAIS):
Análise e resolução de problemas
Planejamento e organização
Aprendizado Ativo
OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM:
O principal objetivo da extensão universitária do curso de Administração por meio do Programa de Contexto à Comunidade é a geração do novo saber que ocorrerá devido à aplicação do conhecimento adquirido no curso durante a busca da contribuição à resolução de problemas contextuais à sociedade, e, ainda, ao desenvolvimento social e da melhoria da qualidade de vida, dessa forma, oportunizando que o corpo discente realize ações embasadas na sua aprendizagem multidisciplinar.
CONTEÚDOS:
I – Sociologia, ética e direitos humanos;
II – Teorias da administração;
III – Comportamento organizacional.
INDICAÇÕES BIBLIOGRÁFICAS:
CINTRA, Josiane. Comportamento organizacional. Londrina: Editora e Distribuidora Educacional S.A., 2016.
CIZOTO, Sonelise Auxiliadora. Homem, cultura e sociedade. Londrina: Editora e Distribuidora Educacional S.A., 2016.
MASCARO, Laura Degaspare Monte. Direitos humanos e cidadania. Londrina: Editora e Distribuidora Educacional S.A., 2017.
RODRIGUES, Edna de Almeida. Teorias da administração. Londrina: Editora e Distribuidora Educacional S.A., 2016.
TEMPLATE PDCA:
Aluno e Aluna, essa atividade é para sua organização e uso da metodologia PDCA. Por isso é um documento orientativo e não precisa ser entregue. Veja as orientações apresentadas no MANUAL DE ATIVIDADES EXTENSIONISTAS.
1. PLANEJAMENTO (PLAN)
Antes de definir sua proposta, explore os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU) no link https://brasil.un.org/pt-br/sdgs. Se preferir, pode baixar o documento pelo link https://brasil.un.org/sites/default/files/2020-09/agenda2030-pt-br.pdf.
Compreenda a proposta da ONU e engaje-se nessa oportunidade de contribuir com as metas de um organismo internacional tão importante ao mesmo tempo em que participa de soluções de seu contexto!
Analise os 17 objetivos e escolha quais metas podem ser aderentes à sua proposta e ao seu projeto. Para isso, clique no ícone de cada objetivo e observe a listagem de metas disponível em cada um. É necessário que você escolha pelo menos uma meta. Pode ser que você encontre metas aderentes à sua proposta em diferentes objetivos, mas não se restrinja. Pode escolher dessa forma e mantenha o foco da essência de sua proposta.
Feito isso, liste aqui suas escolhas. Essa informação também deverá ser declarada em seu Relatório Final de Atividades Extensionistas.

 
 ATIVIDADE RESOLVIDA
 
    R$60,00
     
    CHAVE PIX
     
    eng.carlosjfilho@hotmail.com

02/11/2023

ATIVIDADE 1 - INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL [RESOLVIDA]

ETAPA 1: Um sensor de temperatura utilizado em um processo industrial possui uma resposta de 2mV/°C e está inserido em um sistema de medição. Para melhorar a leitura por um display, foi colocado um amplificador de ganho 100 na saída desse sensor. Esse sistema tem a capacidade de medir temperaturas de 10°C a 100°C, em uma escala de leitura de 9cm. A partir dessas informações, determine:
a) A faixa de medida (ou RANGE).
b) O alcance (ou SPAN).
c) A sensibilidade.
d) A temperatura correspondente aos 7,4V obtidos da medição.

ETAPA 2: Para a representação de um processo industrial podem ser utilizados alguns diagramas, sendo eles o Diagrama de Bloco de Fluxo, o Diagrama de Fluxo do Processo e o Diagrama de Processos e Instrumentos. Descreva quais são as características e diferenças de cada um desses três tipos de diagramas.


 
 ATIVIDADE RESOLVIDA
 
    R$36,00
     
    CHAVE PIX
     
    eng.carlosjfilho@hotmail.com

ATIVIDADE 1 - SISTEMAS HIDRÁULICOS E PNEUMÁTICOS [RESOLVIDA]

A pneumática é uma área da engenharia que se dedica ao estudo e aplicação do ar comprimido como meio de transmissão de energia. Para compreender plenamente os princípios da pneumática e projetar sistemas eficientes, é essencial ter um conhecimento profundo das propriedades do ar. Essas propriedades desempenham um papel fundamental na pneumática e são cruciais para o funcionamento adequado dos sistemas pneumáticos. A compressibilidade, elasticidade e expansibilidade do ar permitem que ele seja uma fonte valiosa de energia em sistemas pneumáticos; enquanto a difusibilidade do ar é relevante para aplicações de ventilação e qualidade do ar. O peso do ar, embora geralmente não seja uma consideração direta na pneumática, é uma propriedade fundamental na física atmosférica e na ciência geral do ar.


Sobre as propriedades, descreva as seguintes propriedades do ar:

1. Compressibilidade do ar.

2. Difusibilidade do ar.

3. Elasticidade do ar.

4. Expansibilidade do ar.

5. Peso do ar.

 

 
 ATIVIDADE RESOLVIDA
 
    R$36,00
     
    CHAVE PIX
     
    eng.carlosjfilho@hotmail.com

18/09/2023

MAPA - MANUTENÇÃO INDUSTRIAL [RESOLVIDO]

FASE 1 – FATOR HUMANO NA MANUTENÇÃO
Parabéns! Você conquistou o seu primeiro emprego como profissional em uma renomada empresa que atua na produção e venda de produtos químicos, um setor considerado em pleno crescimento e com investimentos da ordem de US$ 1,6 bilhão previstos para o período de 2021 a 2024, de acordo com a Abiquim (Associação Brasileira da Indústria Química). Além disso, em um evento realizado em dezembro de 2021, o presidente da Abiquim, João Parolin, apontou que o momento é propício para a ampliação da capacidade do setor.
Devido a essa grande oportunidade de mercado, alinhada à expectativa de crescimento do PIB, o gerente da unidade convoca a equipe para uma reunião e mostra para todos o novo planejamento estratégico da empresa, bem como os desafios e quais os resultados são esperados para o período 2023 a 2025. O seu setor, responsável pela manutenção da unidade, deverá elaborar um plano de trabalho focado nos cinco princípios a seguir: controle de custos, maximização da produção, otimização da mão de obra, melhoria contínua e maior qualidade dos produtos.
Dessa forma, tem início novas atividades, reuniões e demandas para o departamento de manutenção com o objetivo de elaborar e cumprir o novo plano solicitado, que está alinhado ao novo planejamento estratégico da empresa. No dia seguinte você é convocado para uma reunião e o tema principal é a baixa confiabilidade da planta A, que tem gerado um elevado custo de manutenção e tem o pior índice de falhas da unidade, e que contribui diretamente para a baixa produção. Logo de início você identifica uma grande oportunidade em relação ao trabalho executado pela equipe de manutenção, bem como à organização de papéis e responsabilidades neste departamento.

FASE 2 – PLANO DE MANUTENÇÃO
Você está fazendo um excelente trabalho, ajudando na condução do processo de manutenção com muito esmero! E todos percebem que os resultados estão melhorando. Contudo, algo te incomoda: como maximizar a produção com tantas quebras que ainda continuam acontecendo? E, ao lembrar que o quarto desafio apresentado pela ABECOM está relacionado com o planejamento de manutenção, você decide selecionar cinco equipamentos da planta A para análise de criticidade e criação de um plano de manutenção. Com base em dados de processo e entrevistas, você consegue montar as informações a seguir:
Equipamento 1 – Compressor de ar: este equipamento é solicitado de 8 a 10 h/dia. O seu histórico mostra em média 7 falhas por mês, cujo impacto extrapola o equipamento, ou seja, gera parada do processo produtivo por falta de ar comprimido para os equipamentos, que possuem muitos acionamentos pneumáticos. O tempo médio de reparo é de 2 a 4 horas, com custo das falhas relativamente alto (por parar o processo fabril constantemente acima de 3 horas), e o equipamento não afeta segurança, meio ambiente e tampouco qualidade.
‘Equipamento 2 – Válvula de controle de vapor: este equipamento é solicitado 24 h/dia. O seu histórico mostra em média 2 falhas por ano (geralmente devido ao vazamento de vapor nas vedações), porém com parada de todo o processo. O tempo de reparo é de 2 a 3 horas, com custo menor que R$800,00, e o equipamento apresenta risco médio de segurança devido ao vapor, mas não afeta meio ambiente e qualidade.
Equipamento 3 – Filtro: este equipamento é solicitado 16 h/dia. O seu histórico mostra em média 3 falhas por ano, cujo impacto pode gerar paradas de até 1,5 hora no processo, devido à redundância de equipamentos. O tempo médio de reparo é de 2,5 hora, com custo menor que R$2.000,00, e o equipamento não afeta segurança e qualidade. Contudo, tem impacto moderado com relação ao meio ambiente, podendo chegar a reclamações internas.
Equipamento 4 – Bomba do processo: este equipamento é solicitado 24 h/dia. O seu histórico mostra em média 2 falhas por semestre, cujo impacto interfere em todo o processo, gerando paradas maiores que 2 horas. O tempo de reparo é de 2 a 3 horas, com custo médio de R$1.500,00, e o equipamento não afeta qualidade, segurança e nem o meio ambiente.
Equipamento 5 – Trocador de calor: este equipamento é solicitado 12 h/dia. O seu histórico mostra em média 2 falhas por ano, cujo impacto interfere em parte do processo. Não gera indisponibilidade do processo, mas perdas parciais na produção. O tempo de reparo é menor que 2 horas, com custo médio de R$1.700,00. O equipamento não afeta segurança e meio ambiente, porém afeta gravemente a qualidade do produto, gerando reclamações internas.




ATIVIDADE RESOLVIDA
 
    R$60,00
     
    CHAVE PIX
     
    eng.carlosjfilho@yahoo.com.br

13/09/2023

ATIVIDADE 3 DE REFRIGERAÇÃO E CONDICIONAMENTO DE AR [RESOLVIDA]

Um sistema de refrigeração é um dispositivo projetado para remover o calor de um ambiente ou substância, diminuindo sua temperatura. Isso é alcançado por meio de um ciclo de refrigeração, que envolve a transferência de calor de uma região de temperatura mais baixa (evaporador) para uma região de temperatura mais alta (condensador) usando um fluido refrigerante. O ciclo de refrigeração mais comum é o ciclo de compressão de vapor, o qual é composto por quatro componentes principais: compressor, evaporador, condensador e dispositivo de expansão (válvula de expansão ou dispositivo de expansão termostática).

Suponha que você está responsável por realizar o estudo de um refrigerador doméstico que opera com um ciclo de refrigeração ideal de compressão de vapor, nas seguintes condições:

Temperatura ambiente: 25° C
Temperatura do evaporador (parte interna do refrigerador): 0° C
Temperatura do condensador (parte externa do refrigerador): 35° C
Potência do compressor: 200 watts
Capacidade de refrigeração: 500 watts

A respeito do ciclo de refrigeração apresentado:

a) Descreva detalhadamente o princípio de funcionamento de um ciclo de compressão a vapor.

b) A eficiência de um sistema de refrigeração pode ser avaliada por meio do coeficiente de performance (COP). Defina o coeficiente de performance (COP) e discorra sobre como ele pode ser utilizado para avaliar a eficiência de um sistema e quais fatores podem influenciar no COP do sistema. 

c) Determine o Coeficiente de Performance (COP) do refrigerador apresentado e a quantidade de energia elétrica consumida para manter a temperatura interna desejada.



ATIVIDADE RESOLVIDA
 
    R$30,00
     
    CHAVE PIX
     
    eng.carlosjfilho@yahoo.com.br

Atividade 3 de Processos de Fabricação Mecânica e Metrologia [RESOLVIDA]

A soldagem é um processo fundamental na indústria de fabricação, utilizado para unir materiais metálicos de forma permanente. É um dos métodos mais comuns e versáteis de união de peças, sendo amplamente aplicado em diversos setores, desde a construção civil até a indústria automotiva e aeroespacial. Basicamente, a soldagem envolve a fusão dos materiais de base, utilizando calor e/ou pressão, junto a um material de adição, geralmente na forma de um eletrodo ou arame, que é adicionado ao local de junção para preencher o espaço entre as peças a serem unidas.

O processo de soldagem pode ser realizado utilizando diferentes técnicas, como soldagem a arco elétrico, soldagem a laser, soldagem por ultrassom e soldagem por fricção. A escolha da técnica adequada depende do tipo de material, da aplicação específica e das condições de trabalho.
Durante a soldagem, ocorre a geração de calor intenso, que funde o metal de base e o metal de solda, criando uma zona fundida. À medida que a zona fundida resfria e solidifica, as peças são unidas e formam uma junta soldada. A junta soldada geralmente apresenta propriedades mecânicas e estruturais similares às do material de base, desde que o processo seja realizado corretamente. A soldagem também pode envolver o uso de gases de proteção, como argônio ou dióxido de carbono, para evitar a oxidação e a contaminação dos materiais durante o processo. 

Esses gases criam uma atmosfera inerte ao redor da zona de soldagem, garantindo uma junta de alta qualidade e evitando defeitos.
É importante ressaltar que a soldagem requer habilidades técnicas e conhecimentos específicos para ser realizada com segurança e eficiência. Soldadores qualificados são responsáveis por garantir que as peças sejam unidas adequadamente, seguindo os procedimentos corretos e aplicando os parâmetros adequados de calor, pressão e metal de solda.

Agora que entendemos os princípios básicos do processo de soldagem, explique a importância do controle de parâmetros no processo de soldagem e como ele influencia na qualidade da junta soldada.

 
 ATIVIDADE RESOLVIDA
 
    R$30,00
     
    CHAVE PIX
     
    eng.carlosjfilho@yahoo.com.br

07/09/2023

PROVA DE DESENHO TÉCNICO [RESOLVIDA]

Pergunta 1 Linha Contínua Larga deve ser usada para:

contornos não visíveis, representa aquilo que está exposto, não escondido. Não deve chamar a atenção do desenho.
  linhas de centro, muito utilizadas para centro de furos, peças simétricas, identificar eixos em plantas de layout ou de civil.
  contornos visíveis, representa aquilo que está exposto, não escondido. Deve chamar a atenção do desenho.
  linhas de centro, trazer para fora o que está escondido, representar os detalhes internos. No entanto não deve chamar mais atenção que os contornos visíveis.
  contornos não visíveis, trazer para fora o que está escondido, representar os detalhes internos. No entanto não deve chamar mais atenção que os contornos visíveis.
 
Pergunta 2 Qual o botão do mouse possui os comandos ZOOM e PAN?

  inferior
  direito
  esquerdo
  scroll
  superior
 
Pergunta 3 Qual o nome do grupo de comandos que geram desenhos iguais e que se repetem seguindo um padrão?

  Pattern
  Project Geometry.
  Line.
  Circle
  Constrain
 
Pergunta 4 Primeiro comando que deve ser utilizado no módulo drawing para gerar as vistas:

  AUXILIARY VIEW
  BASE VIEW
  PROJECTED VIEW
  SECTION VIEW
  DETAIL VIEW
 
Pergunta 5 Qual o significado da sigla ABNT?

  Sociedade Americana para Testes e Materiais
  Técnicas Normalizadas do Brasil para Associados
  Sociedade Americana de Engenharia Mecânica
  Sociedade de Engenharia Automotiva
  Associação Brasileira de Normas Técnicas
 
Pergunta 6 Um dos softwares mais famosos em plataforma BIM...

  Inventor
  Revit
  AutoCad
  Creo
  SolidWorks
 
Pergunta 7 Qual o significado da sigla CAD?

  Desenho Alternativo Computadorizado.
  Componente Assistido de Desenho
  Compasso Aumentado em Computador
  Desenhando Agora em Computador
  Desenho Assistido por Computador.
 
Pergunta 8 Qual dessas projeções não está no 1° Diedro?

Pergunta 9 Quais os três elementos de uma cota?

  Valores, Linha Auxiliar e Cota.
  Linhas de cota, Linha Auxiliar e Cota.
  Dimensão, Cor e Altura.
  Linhas de cota, Números e Cores.
  Textos, Setas e Balões.
 
Pergunta 10 O comando FILLET é usado para:

  Criar roscas padronizadas.
  Criar canto chanfrados
  Deixar “ocos” modelos sólidos.
  Arredondar cantos de modelos
  Criar furos em modelos já existentes.
 
Pergunta 11 O rebatimento de faces de um sólido, isto é, a sua projeção ortogonal, é uma técnica historicamente empregada para facilitar o entendimento e visualização de sólidos tridimensionais em planos bidimensionais, sendo o rebatimento no 1º e 3º diedros os mais aplicados na área de engenharia. Qual é a diferença entre a representação no 1º e no 3º diedro?

Pergunta 12 A arte de representar um objeto ou fazer sua leitura por meio do desenho técnico é tão importante quanto à execução de uma tarefa, pois é o desenho que fornece todas as informações precisas e necessárias para a construção de uma peça. Desenho é qualquer representação gráfica – colorida ou não – de formas, sendo portanto, a expressão gráfica da forma, não se pode desenhar sem conhecer as formas a serem representadas. Qual é a diferença entre desenho técnico e desenho artístico?


 
 ATIVIDADE RESOLVIDA COM FEEDBACK POSITIVO
 
    R$9,00
     
    CHAVE PIX TELEFONE
     
    75992709085

Marcadores

As Dez Mais Lidas...

Leia também...

MAPA - ACIONAMENTOS ELÉTRICOS 51/2024

A partida estrela-triângulo é um método utilizado para iniciar a operação de motores elétricos trifásicos de indução. Essa técnica é comumen...