TEORIA DOS ERROS


  • Os erros são classificados em :
Erros grosseiros : São aqueles causados por falta de atenção ou falta de prática do experimentador.
  • Erros de cálculo
  • Erros de leitura ( ler 81 ao invés de 31 )
  • Erro de cópia ( transcrever 645 ao invés de 654 )
  • Erros provenientes do manuseio errado do instrumento.
  • Erro de paralaxe
Para evitar tais erros deveremos:
  • Repetir cuidadosamente as medições ( resultados discrepantes devem ser rejeitados )
  • Adquirir prática com o instrumento medidor.
Erros sistemáticos : são consequências de imperfeições do instrumento, do experimentador e do método usado.
  • Uso de uma escala em condições diferentes daquela em que foi aferida ( em outra temperatura ).
  • Experimentador: Atrasar ou adiantar o cronômetro.
  • Método empregado: negligenciar a ação da temperatura, pressão.
Para evitar tais erros deveremos:
  • Aferir ou calibrar o instrumento antes do uso.
  • Substituir a observação humana por elementos elétricos ( sensores ).
  • Escolher um método adequado para aquela medida daquela variável.
Erros Acidentais ou Aleatórios: São aqueles provenientes de causas indeterminadas , temporárias, variáveis, imprevisíveis e que modificam de maneira irregular e variável o resultado das medições.Os erros acidentais são inevitáveis , não são elimináveis nem completamente corrigíveis .

2 comentários:

Dúvidas? Sugestões? Fale com o Professor Carlão!

Leia também...

"Mais um dia se passou e não usei isso pra nada". Será mesmo!?

A imagem abaixo vem circulando nas redes sociais com a [despretensiosa] conclusão de que vivemos sem a necessidade da fórmula que calcula o...

Cadastro

Cadastre-se para receber postagens atualizadas:

Digite seu Email

EnviarFeedBurner