A importância dos amortecedores dos carros

O técnico da Nakata, Eduardo Guimarães, ressalta que amortecedores são indispensáveis para garantir o desempenho e a estabilidade do carro, assim, sendo itens de segurança do carro tão importantes quanto o sistema de freios, airbag, cinto de segurança e pneus. "A função básica do amortecedor é fazer com que o pneu mantenha contato com o solo. 

Ele freia o movimento de oscilação da mola, mantendo o pneu em contato com o chão, e, quando em perfeitas condições, permite ótima estabilidade direcional, seja na ré, linha reta ou em curvas", explica Eduardo.
De acordo com o especialista, um amortecedor em boas condições também é responsável por diminuir o espaço de frenagem, tornando, assim, o veículo mais seguro. "Em uma curva, há melhor controle do veículo. Enfim, todas as funções de rodagem em baixa, média ou alta velocidade apresenta melhor dirigibilidade", enfatiza, lembrando que a peça também é um item de conforto, já que absorve os impactos das irregularidades de ruas e estradas.

O funcionamento correto do amortecedor depende do bom estado de todo o conjunto de suspensão, juntamente com bandeja, mola helicoidal, pivô, terminal, bieleta, entre outras. Por isso, o mecânico deve orientar seu cliente sobre a importância de manter todo o sistema com a manutenção em dia. 


Conjunto de Amortecedores

A recomendação da Nakata é fazer as primeiras verificações deve ocorrer a partir dos 40 mil km, mas a qualquer indício de mau funcionamento, como balanço excessivo do automóvel, ou seja, quando a ação da mola atua diretamente na roda sem a frenagem hidráulica do amortecedor, deve-se fazer revisão e, se for o caso, substituir a peça. "Um amortecedor comprometido traz desconforto aos ocupantes, maior desgaste de pneus e dificuldade na condução do automóvel", finaliza Eduardo.

Fonte: Revista "O Mecânico"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dúvidas? Sugestões? Fale com o Professor Carlão!

Leia também...

"Mais um dia se passou e não usei isso pra nada". Será mesmo!?

A imagem abaixo vem circulando nas redes sociais com a [despretensiosa] conclusão de que vivemos sem a necessidade da fórmula que calcula o...

Cadastro

Cadastre-se para receber postagens atualizadas:

Digite seu Email

EnviarFeedBurner