Mostrando postagens com marcador astronomia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador astronomia. Mostrar todas as postagens

22/06/2009

ASTRONOMIA: A IMPRESSIONANTE ESTRELA BETELGEUSE

Betelgeuse é uma estrela brilhante avermelhada na constelação do Órion. Vista tipicamente em uma noite de verão. Agora que o inverno está chegando ainda é possível vê-la ao entardecer por alguns minutos sobre o horizonte, a oeste.


18/06/2009

NASA CANCELA LANÇAMENTO DA ENDEAVOUR

Vazamento de hidrogênio líquido adiou lançamento programado quarta-feira. A Nasa adiou o lançamento do ônibus espacial Endeavour, que estava previsto para quarta-feira (17), depois de descobrir um vazamento potencialmente perigoso durante o reabastecimento da nave. Um representante da agência afirmou que o ônibus espacial será lançado apenas no dia 11 de julho. A nave estava pronta para o lançamento no Centro Espacial Kennedy, na Flórida.

A declaração divulgada pela Nasa informou que, por volta das 01h55 (horário local), os responsáveis pelo ônibus espacial "cancelaram o lançamento do ônibus espacial Endeavour em sua missão STS-127". "Apesar dos esforços para descobrir quais eram os problemas, os engenheiros não conseguiram diminuir o vazamento de hidrogênio líquido." Fonte: BBC




15/06/2009

TELESCÓPIO VAI DESVENDAR SEGREDOS DO SOL


O telescópio montado num balão Sunrise ("nascer do Sol"), criado numa parceria entre pesquisadores europeus e grupos da Nasa, subiu em segurança para sua posição a 40 km do solo e já está fazendo observações do Sol. Lançado a partir do Centro Espacial Esrange, na Suécia, o aparelho tem como objetivo observar detalhes da superfície solar com menos de 35 km, em busca de dados relevantes sobre a temperatura e o campo magnético do astro. Tempestades eletromagnéticas solares podem afetar as telecomunicações aqui na Terra.


14/06/2009

CIENTISTAS IDENTIFICAM ESPECTRO DA TERRA

  • Os eclipses lunares são tidos hoje como ótimos espetáculos visuais para os interessados por astronomia, mas dificilmente são vistos como algo que possa render resultados científicos importantes. Pois um grupo de pesquisadores espanhóis acaba de mudar isso, com um estudo que deve ajudar até a procurar planetas similares à Terra fora do Sistema Solar. 
  • O grupo de Enric Pallé, do Instituto de Astrofísica das Canárias, em Tenerife, na Espanha, obteve, durante um eclipse lunar observado em 16 de agosto de 2008, o que seria a "assinatura" da atmosfera terrestre, se vista de longe, conforme o planeta passasse à frente do Sol, com relação a um observador distante. 
  • Em outras palavras, eles identificaram os traços luminosos que seriam captados por um ET, caso ele estivesse em outro sistema planetário, apontando um poderoso telescópio na nossa direção. A essa assinatura específica é dado o nome de espectro, que equivale à separação da luz vinda de um objeto em suas cores componentes. A partir de marcas nesse padrão de cores separadas, é possível identificar vários dos compostos presentes no ponto de origem da luz.
  • Com o espectro da Terra, por exemplo, é possível identificar a presença de substâncias como oxigênio, nitrogênio e vapor d'água na atmosfera. Segundo os cientistas, é possível até observar características da ionosfera terrestre -- camada da atmosfera marcada pela presença de moléculas polarizadas.

16/05/2009

FOTO IMPRESSIONANTE DO ÔNIBUS ESPACIAL ATLANTIS

Uma imagem espetacular divulgada pela Nasa dá uma ideia da proporção -- ainda bastante distorcida por causa da distância, claro -- entre o ônibus espacial Atlantis e o Sol. Parecendo uma mosquinha perto do astro-rei, a nave americana foi clicada durante seu caminho rumo ao Telescópio Espacial Hubble. Os astronautas do Atlantis participam de uma missão de 11 dias para atualizar e reparar o telescópio.


01/05/2009

ERUPÇÕES VULCÂNICAS EM MERCÚRIO

O segundo sobrevoo da sonda Messenger, da Nasa, sobre Mercúrio se mostrou revelador para os cientistas. Uma série de resultados sobre essa fase da missão, ocorrida em outubro de 2008, acabam de ser divulgados numa série de artigos no periódico científico americano "Science". Um dos estudos revela detalhes da interação do campo magnético do pequenino planeta Mercúrio -- o menor do Sistema Solar -- com o campo magnético solar. Como ele é o planeta mais próximo do Sol, essa dinâmica é bastante intensa.Outros dois estudos revelam detalhes sobre a superfície de Mercúrio -- planeta que só recebeu visita de uma outra sonda antes, a americana Mariner 10, nos anos 1970. Segundo os resultados obtidos pela equipe da Nasa, a superfície do astro é majoritariamente constituída por material vulcânico -- erupções violentas e constantes que devem ter ocorrido durante longos períodos de tempo. A Messenger deve fazer mais um sobrevoo de Mercúrio, antes de entrar definitivamente numa órbita ao redor do planeta, quando os cientistas terão acesso a uma quantidade de dados muito maior para decifrar os mistérios do astro. Fonte: G1 Ciências e Saúde.

26/04/2009

Maior telescópio solar do mundo começa a ser construído


Foi dada a largada para a construção do maior telescópio solar do mundo, o ATST (Advanced Technology Solar Telescope). Quando ele estiver pronto, em 2012, os cientistas finalmente terão uma ferramenta capaz de ajudar a compreender os fenômenos de larga escala que ocorrem no Sol, como nascem, vivem e morrem as partículas do vento solar e como a atividade solar impacta a Terra.
Com um sistema óptico de 4 metros de diâmetro, o ATST será o primeiro observatório de grande abertura projetado para observar o Sol, permitindo observações com uma resolução sem precedentes. A grande abertura é necessária para resolver espacialmente as escalas fundamentais dos processos que ocorrem na atmosfera solar. Simulações mostram que algumas estruturas magnéticas que acionam os processos de larga escala na superfície e na corona solar podem ser muito pequenas, com cerca de 35 quilômetros de diâmetro. O novo telescópio solar conseguirá identificar estruturas com essas dimensões.
O ATST será inaugurado no ano em que as primeiras observações das manchas solares completarão 400 anos - Galileu identificou-as pela primeira vez em 1612. Só em 1908 George Ellery Hale associou as manchas solares com os fortíssimos campos magnéticos do Sol. O ATST está sendo construído em Haleakala, no estado norte-americano do Havaí.


23/03/2009

SONDA METEOROLÓGICA CONSTRUÍDA POR ESTUDANTES DA ESPANHA REGISTRA FOTO DA TERRA

A sonda Meteotek 08 chegou a 30.000 metros de altura e conseguiu registrar esta foto impressionante da curvatura do planeta Terra. Os estudantes do ensino médio de uma escola da Espanha usaram uma câmera digital comum e um balão de borracha inflado com hélio.


22/02/2009

SONDA DA NASA LEVA MAIOR CÂMERA JÁ ENVIADA AO ESPAÇO

  • Uma sonda da Nasa que leva a maior câmera já enviada ao espaço será lançada no próximo mês para vasculhar nosso trecho da Via Láctea em busca de planetas rochosos e quentes como a Terra, teoricamente capazes de abrigar vida, disse a Nasa na quinta-feira. A sonda Kepler deve passar três anos e meio examinando mais de 100 mil estrelas semelhantes ao nosso Sol, em busca de sinais de planetas de tamanho e composição parecidas com os da Terra.
  • A Kepler deve ser lançada da Base Aérea do Cabo Canaveral (Flórida) no dia 5, a bordo do foguete Delta 2, segundo a Nasa. A sonda foi fabricada pela Ball Aerospace and Technologies, do Colorado, uma subsidiária da Bell Corp.. "A Kepler empurrará as fronteiras do desconhecido no nosso pedaço da galáxia Via Láctea. E suas descobertas podem alterar fundamentalmente a visão que a humanidade tem de si própria", disse a jornalistas Jon Morse, diretor da divisão de astrofísica da Nasa.
  • Cerca de 300 planetas foram descobertos desde 1995 orbitando estrelas que não o Sol, mas a maioria são gasosos, com improváveis condições para o surgimento de vida. A nova missão se concentrará na busca por planetas rochosos orbitando a chamada "zona habitável" das estrelas, onde não ficam nem perto demais para esturricarem, nem longe demais para se congelarem.
  • "O que nos interessa é encontrar planetas que não sejam quentes demais nem frios demais, (e sim) onde a temperatura seja correta para que haja água líquida na superfície do planeta", disse William Borucki, do Centro de Pesquisas Ames, da Nasa, na Califórnia. A água é considerada um ingrediente essencial para a vida tal qual a conhecemos.
  • Borucki estimou que a sonda Kepler possa detectar talvez 50 desses planetas, mas não há nada garantido. "Se encontrarmos tantos, certamente significará que a vida pode ser bem comum por toda a nossa galáxia - que há uma oportunidade para que a vida tenha um lugar para evoluir." Mas, se nenhum ou poucos planetas forem descobertos, isso pode indicar que planetas hospitaleiros como a Terra são muito raros, e que a Terra pode ser um solitário reduto de vida, acrescentou Borucki.
  • Fonte: Reuters

16/02/2009

Planetário em Tóquio ganha sistema 3D

  • Um museu no Japão inaugurou o primeiro sistema tridimensional de imagens de alta precisão para observação do céu.
  • O sistema Atmos, como é chamado, tem resolução oito vezes maior do que a Full HD e projeção em 360º.
  • Durante as projeções no observatório, o público usa óculos 3D para assistir ao programa Nascimento: o que me liga ao Universo.
  • O planetário com o sistema Atmos fica no Miraikan, Museu Nacional de Ciências e Inovações Emergentes, em Tóquio. Fonte: Redação Terra

As Dez Mais Lidas...

Leia também...

Exercício resolvido: Volume da Célula Unitária do Chumbo

Se o raio atômico do chumbo vale 0,175 nm, calcule o volume de sua célula unitária em m³.  Resposta completa enviada por email ou WhatsApp! ...