TRANSMISSÃO DE SINAIS NA INSTRUMENTAÇÃO

  • A transmissão de sinais com equipamentos elétricos é feita utilizando sinais elétricos de corrente ou tensão.
  • A tecnologia disponível no mercado em relação a fabricação de instrumentos eletrônicos micro processados é cada vez mais avançada, por este motivo é este o tipo de transmissão largamente utilizado na maioria das indústrias.
  • Assim como na transmissão pneumática, o sinal é linearmente modulado em uma faixa padronizada (ranger) representando o conjunto de valores entre o limite mínimo e máximo de uma variável de um processo qualquer.
  • Como padrão para transmissão a longas distâncias são utilizados sinais em corrente contínua variando de (4 a 20 mA) e para distâncias até 15 metros aproximadamente, também são utilizados sinais em tensão contínua de 1 a 5V.
  • As vantagens dos transmissores de sinal elétrico são:

  1. Permite transmissão para longas distâncias sem perdas.
  2. A alimentação pode ser feita pelos próprios fios que conduzem o sinal de transmissão.
  3. Necessita de poucos equipamentos auxiliares.
  4. Permite fácil conexão aos computadores.
  5. Fácil instalação.
  6. Permite de forma mais fácil realização de operações matemáticas.
  7. Permite que o mesmo sinal (4~20mA) seja “lido” por mais de um instrumento, ligando em série os instrumentos.
  • Porém, existe um limite quanto à soma das resistências internas destes instrumentos, que não deve ultrapassar o valor estipulado pelo fabricante do transmissor.
  • As desvantagens são:
  1. Necessita de técnico especializado para sua instalação e manutenção.
  2. Exige utilização de instrumentos e cuidados especiais em instalações localizadas em áreas de riscos.
  3. Exige cuidados especiais na escolha do encaminhamento de cabos ou fios de sinais.
  4. Os cabos de sinal devem ser protegidos contra ruídos elétricos.
  • Os equipamentos de transmissão que utilizam sinal digital utilizam “pacotes de informações” sobre a variável medida que são enviados para uma estação receptora, através de sinais digitais modulados e padronizados.
  • Para que a comunicação entre o elemento transmissor receptor seja realizada com êxito é utilizada uma “linguagem” padrão chamado protocolo de comunicação.
  • As vantagens deste transmissor são:
  1. Não necessita ligação ponto a ponto por instrumento.
  2. Pode utilizar um par trançado ou fibra óptica para transmissão dos dados.
  3. É imune a ruídos externos.
  4. Permitem configuração, diagnósticos de falha e ajuste em qualquer ponto da malha.
  5. Menor custo final.
  • As desvantagens são:
  1. Existência de vários protocolos no mercado, o que dificulta a comunicação entre equipamentos de marcas diferentes.
  2. Caso ocorra rompimento no cabo de comunicação pode-se perder a informação e/ou controle de várias malhas.
  • Nos sistemas de transmissão de sinais via rádio, o sinal ou um pacote de sinais medidos são enviados à sua estação receptora via ondas de rádio em uma faixa de freqüência específica.
  • A vantagem dos sistemas via rádio são:
  1. Não necessita de cabos de sinal.
  2. Podem-se enviar sinais de medição e controle de máquinas em movimento.
  • As desvantagens são:
  1. Alto custo inicial.
  2. Necessidade de técnicos altamente especializados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dúvidas? Sugestões? Fale com o Professor Carlão!

Leia também...

"Mais um dia se passou e não usei isso pra nada". Será mesmo!?

A imagem abaixo vem circulando nas redes sociais com a [despretensiosa] conclusão de que vivemos sem a necessidade da fórmula que calcula o...

Cadastro

Cadastre-se para receber postagens atualizadas:

Digite seu Email

EnviarFeedBurner