Biolubrificante de óleo de Girassol

Lubrificantes industriais
  • Pesquisadores da Universidade de Huelva, na Espanha demonstraram em testes de laboratório a eficiência do óleo de girassol para fabricar lubrificantes industriais.
  • Em comparação com os lubrificantes tradicionais, fabricados com derivados de petróleo, o biolubrificante de girassol é mais ambientalmente correto, apresentando níveis similares de desempenho.
Desempenho
  • O trabalho demonstra que os componentes encontrados nos óleos vegetais são uma alternativa viável para o desenvolvimento de uma nova classe de lubrificantes, graças principalmente à sua baixa volatilidade e alta biodegradabilidade.
  • O óleo de girassol, misturado com componentes como o copolímero etileno vinil-acetato, pode apresentar um desempenho similar ao dos lubrificantes minerais disponíveis comercialmente.
  • "Nós realizamos um estudo que nos permitiu, para diferentes concentrações de polímeros no componente oleico, obter óleos com características completamente diferentes", afirmou Críspulo Gallegos, coordenador da pesquisa.
Biolubrificante ecológico
  • "Nós podemos usar os óleos resultantes nas mais diversas aplicações: motores de dois e quatro tempos, engrenagens, rolamentos, etc, dependendo da viscosidade dos lubrificantes e da proporção do componente oleico", disse ele.
  • Agora, os pesquisadores estão tentando otimizar a proporção de polímeros usados (o máximo permitido é de 5%) no óleo de girassol para que o produto final possa ser considerado um biolubrificante ecológico.
  • Fonte: Redação do Site Inovação Tecnológica - 04/01/2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dúvidas? Sugestões? Fale com o Professor Carlão!

Leia também...

"Mais um dia se passou e não usei isso pra nada". Será mesmo!?

A imagem abaixo vem circulando nas redes sociais com a [despretensiosa] conclusão de que vivemos sem a necessidade da fórmula que calcula o...

Cadastro

Cadastre-se para receber postagens atualizadas:

Digite seu Email

EnviarFeedBurner