DIAGNÓSTICO DE BOMBA CENTRÍFUGA

  • O diagnóstico é o resultado de uma inspeção detalhada que deve ser realizada todas as vezes em que desmontamos um equipamento para uma manutenção preventiva ou corretiva.
  • Dependendo do tipo de manutenção adotada, poderemos ter resultados diferentes no diagnóstico, já que o comprometimento das peças e elementos de máquinas sofrerá influência direta deste fator.
  • As bombas centrífugas estão entre os equipamentos que exigem um diagnóstico confiável e satisfatório, por representarem um dos principais elementos de uma planta industrial.
  • O procedimento de investigação deve ser realizado após a bomba ser desmontada e suas peças serem devidamente lavadas e estarem completamente limpas para que o técnico possa verificar minuciosamente, os motivos das falhas e quais as causas dos desgastes apresentados pelas elementos da bomba.
  • Os mancais de rolamento, eixos, rotores, carcaças (voluta ou difusor), sistema de vedação (retentores, gaxetas ou selo mecânico), qualidade do lubrificante (níveis de contaminação), além das juntas, buchas, anéis, parafusos e porcas devem ser especificados e identificados em um relatório técnico constando a situação em que foram encontrados e a recomendação da substituição dos mesmos.
  • Para mancais de rolamento a recomendação é sempre de substituição dos mesmos, visando preservar a qualidade da manutenção. Existem alguns casos em que podemos reconsiderar esta possibilidade (quando tratamos de rolamentos especiais ou de maior dimensão) que depois de analisados podem ser reaproveitados.
  • Os alojamentos de mancais devem ter suas medidas observadas em relação às folgas e ajustes. Os eixos devem ser inspecionados em um torno mecânico para analisar se estão empenados. Os rotores e carcaças devem ser observados para detectar sinais de cavitação, desbalanceamento ou empeno no eixo.
  • Os elementos de vedação como os retentores, selos e gaxetas devem ser substituídos pois sofrem desgastes enquanto estão em funcionamento e torna-se arriscado seu reaproveitamento. Apenas os selos mecânicos especiais tem seus elementos de substituição (reparos).
  • Os lubrificantes (graxa ou óleo) devem ser analisados para medir seus níveis de contaminação pelo fluido bombeado, poeiras, fuligens e outros contaminantes. Não é recomendado o reaproveitamento destes lubrificantes, salvo em casos especiais.
  • No instante da lavagem das peças para retirada do excesso de lubrificação deve-se evitar a utilização de solventes ou mesmo de óleo diesel. Existem no mercado desengraxantes apropriados para esta função.
  • O diagnóstico de bombas centrífugas representa uma ferramenta importantíssima para as empresas que adotam sistemas de manutenção preditiva e preventiva, pois desta forma é possível medir o grau de eficiência de cada etapa alcançada. Assim pode-se constatar se está sendo satisfatória a adoção destes sistemas.
  • O diagnóstico também representa maior qualidade nas etapas de manutenção e operação, já que os seus resultados passarão a ser comparativos para novos procedimentos de operação que possam evitar os mesmos defeitos encontrados no equipamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dúvidas? Sugestões? Fale com o Professor Carlão!

Leia também...

"Mais um dia se passou e não usei isso pra nada". Será mesmo!?

A imagem abaixo vem circulando nas redes sociais com a [despretensiosa] conclusão de que vivemos sem a necessidade da fórmula que calcula o...

Cadastro

Cadastre-se para receber postagens atualizadas:

Digite seu Email

EnviarFeedBurner